Madson destaca obrigação de triunfo contra a Ponte Preta e espera dificuldades

Vasco só precisa vencer no domingo para uma vaga na Libertadores

Por O Dia

Rio - O discurso em São Januário é que o Vasco não encontrará facilidade diante da já rebaixada Ponte Preta, domingo, na busca da tão sonhada vaga na Libertadores de 2018. O lateral-direito Madson até lembrou as dificuldades que o time cruzmaltino encontrou contra o Cruzeiro, já sem pretensões no Campeonato Brasileiro, para sair com a vitória por 1 a 0, no Mineirão, na penúltima rodada. Em sétimo lugar, com 53 pontos, mesmo número do Flamengo, o Gigante da Colina depende apenas de si para se classificar ao torneio continental.

Madson fala sobre obrigação de vitória no domingo contra a PontePaulo Fernandes/Vasco.com.br/Divulgação

"O Cruzeiro tinha uma vaga na Libertadores e vimos a dificuldade que foi, sem os jogadores tirarem o pé. Os jogadores da Ponte vão querer honrar, renovar contrato... Com certeza, eles vêm fortes, mas temos a obrigação de vencer", afirmou.

Madson destacou ainda a chegada do técnico Zé Ricardo, em agosto, como fundamental para o atual momento da equipe. "Quando o Zé chegou, tivemos um período para trabalhar juntos. Nesse tempo ele conseguiu atuar no nosso sistema de jogo, com muita conversa também. É um treinador que chama os atletas e conversa, passa as ideias dele. Conseguimos assimilar isso muito rapidamente", recordou o lateral-direito.

Madson também comentou a importância de algumas peças para o trabalho da defesa neste campeonato. "A entrada de alguns jogadores também nos ajudou muito, como o Ramon e o Anderson Martins. Elevaram o nosso sistema defensivo, ao lado de todo o grupo. O conceito do Zé Ricardo foi importante para o nosso trabalho, ele está de parabéns. Que bom que o time mudou e estamos em um momento bom para chegar à Libertadores", afirmou.