Dirigente do Vasco ressalta dificuldade, mas mira fase de grupos da Libertadores

Clube enfrentará dois adversários até chegar à fase principal do torneio

Por O Dia

Paraguai - O Vasco conheceu, na noite de ontem, seu adversário da fase preliminar da Libertadores. Trata-se da Universidad de Concepción-CHI. Apesar de admitir que terá um confronto complicado pela frente, o gerente Anderson Barros mostrou confiança no Cruzmaltino.

Anderson Barros acredita em classificação à fase de gruposDivulgação / Vasco

O dirigente ressaltou que as competições continentais nunca são fáceis, mas declarou, logo após o sorteio, que vê o Vasco com condições de passar pela equipe chilena e já mira a fase de grupos.

"Não existe tranquilidade na Libertadores, assim como na Sul-Americana. Mas a gente entende que tem condições de participar e efetivamente passar de fase, chegar na segunda fase da Libertadores e até chegar na fase de grupos, sim", afirmou, em entrevista ao SporTV.

O Cruzmaltino terá de vencer dois adversários para chegar à fase de grupos da competição. Se passar pela Universidad de Concepción, enfrentará o vencedor de Jorge Wilstermann x Oriente Petrolero/Universitario.

Caso avance à fase principal, também não terá a vida facilitada. O sorteio realizado nesta quarta-feira, na sede da Conmebol, faz com que o Vasco caia no Grupo 5, ao lado de Cruzeiro, Racing e Universidad de Chile.