Por parroyo

O Federal Reserve (Fed) anunciou nesta quarta-feira, sem surpresas, que não comprará mais ativos para estimular a economia e que manterá suas taxas de juros próximas de zero, embora possam subir "antes do esperado".

O Comitê Monetário do Fed (FCOM) afirmou que houve "ganhos consistentes" no mercado de trabalho, um dos setores mais analisados para que a instituição decida sua política monetária.

O fim das compras de bônus do Tesouro e de títulos hipotecários já havia sido anunciado. O Fed prometeu deixar as taxas próximas de zero durante "um período de tempo considerável", mas acrescentou que, se a inflação e o emprego voltarem a subir rapidamente, um primeiro aumento das taxas "poderá ocorrer antes do esperado".

Você pode gostar