Petróleo fecha US$ 57,81 o barril e fica no menor nível em cinco anos

A AIE, agência de energia que coordena políticas energéticas dos países industrializados, cortou sua previsão para o crescimento da demanda em 2015, disparando colapso nos preços

Por O Dia

Nova York - Os preços do petróleo caíram 3% ou mais nesta sexta-feira, atingindo novas mínimas de cinco anos, após a Agência Internacional de Energia (AIE) prever preços ainda mais baixos com uma demanda mais fraca e oferta maior no próximo ano.

O petróleo tipo Brent fechou abaixo de 62 dólares o barril, e o WTI, negociado nos EUA, fechou em patamar inferior a US$ 58.

Nesta sexta-feira, a agência de energia com sede em Paris, que coordena as políticas energéticas dos países industrializados, cortou sua previsão para o crescimento da demanda em 2015, disparando outro colapso nos preços.

O contrato do Brent para janeiro fechou em baixa de US$ 1,83, ou quase 3%, a US$ 61,85 por barril, após atingir mais cedo US$ 61,35, mínima desde julho de 2009.

O contrato janeiro do petróleo nos EUA terminou em queda de US$ 2,14, ou 3,6%, a US$ 57,81, após atingir mais cedo US$ 57,34, seu nível mais baixo desde maio de 2009.

Na semana, Brent perdeu mais de US$ 7, ou cerca de 11%. O WTI caiu mais de US$ 8, ou 12%.

Ambos os mercados perderam cerca de 46% de seu valor ante as máximas de junho, quando o Brent foi cotado acima de US$ 115 o barril e o petróleo nos EUA em cerca de US$ 107.

Últimas de _legado_Notícia