Ibovespa alcança melhor patamar em seis meses

Alta na cotação das commodities beneficiou as blue chips. Papel da Vale subiu 2,3%

Por O Dia

São Paulo - Enquanto as bolsas externas operaram no vermelho, o Ibovespa foi puxado pelas blue chips e alcançou o melhor patamar em seis meses. O principal índice da Bovespa cravou alta de 0,94% e foi para os 54.412 pontos. O giro financeiro ficou em R$ 5,8 bilhões. Apoiada no avanço do preço das commodities, a ação da Vale (VALE5) subiu 2,36%, enquanto o papel da Petrobras (PETR4) apresentou valorização de 1,84%.

Nesta quarta-feira, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou em audiência na Câmara dos Deputados que o câmbio é o grande vilão da disparidade de preço dos combustíveis em relação ao mercado internacional. A diferença pressiona negativamente os resultados da Petrobras. Sem sinalizar um reajuste, o ministro reiterou que “o alinhamento de preço tem sido buscado”. Mantega negou ainda que tenha aprovado, como membro do conselho, a compra da segunda parte da refinaria americana de Pasadena pela estatal em 2008.

À frente dos ganhos, as ações da Cesp (CESP6) subiram 4,5%. Na outra ponta, os papéis da Gerdau perderam 2,5%.

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou, com restrições, a fusão entre os grupos de educação Kroton e Anhanguera. De acordo com a equipe de análise da Corretora Magliano, as restrições devem causar impacto de 6% na receita da maior empresa de ensino privado do país, fruto da fusão. As ações das companhias terminaram em direções e opostas. A daKroton (KROT3) recuou 0,3% e a da Anhanguera (AEDU3) subiu 1,06%.

Estados Unidos

O índice de preços ao produtor (IPP) mostrou alta de 0,6% em abril, acima da expectativa do mercado, de 0,2%. O dado foi interpretado como um sinal da tendência de aceleração da inflação.

De acordo com cálculo da Guide Investimentos, o IPP subiu 2,1% em relação a abril do ano passado, no ritmo mais rápido desde 2012. “A inflação ao consumidor em 12 meses, hoje em 1,5%, caminha para superar, talvez no ano que vem, a meta de 2% que o Federal Reserve (Fed, o banco central americano) persegue. Ou seja, fica mais forte o debate sobre o rumo dos juros fixados pela autoridade monetária”, afirmou o analista Luis Gustavo Pereira em relatório.

Os investidores optam por realizar lucros nos Estados Unidos e os principais índices de Wall Street caminhavam para fechamento no vermelho. Por volta das 17h45, o Dow Jones caía 0,61%, o S&P recuava 0,47% e o Nasdaq tinha queda de 0,72%.

Dólar

Em sessão de agenda esvaziada, o dólar teve leve queda de 0,03%, cotado a R$ 2,208 na venda.

Últimas de _legado_Notícia