Por parroyo

Após operar no azul durante toda a sessão desta quarta-feira, o Ibovespa perdeu fôlego na reta final da negociação e fechou em queda de 0,31%, para os 52.203 pontos. O giro financeiro foi de R$ 6,2 bilhões. O recuo, puxado pelo setor financeiro, reflete o julgamento do Superior Tribunal de Justiça (STJ) sobre os juros das ações que pedem a reposição financeira dos poupadores que tiveram perdas em razão dos planos econômicos Verão, Bresser e Collor 1 e 2.

Os papéis do Banco do Brasil recuaram 7,25% em meio ao julgamento do STJ Adriano Machado

Por volta das 16h, o relator do caso, ministro Sidnei Beneti, votou a favor dos correntistas igualando o placar, que foi decidido favoravelmente aos correntistas por volta das 17h, com o voto do presidente Felix Fisher. O STJ entendeu que os bancos devem pagar juros de mora em casos de perdas. Os papéis do Banco do Brasil (BBAS3) recuaram 7,25%, as ações do Bradesco (BBDC3) perderam 1,71% e os ativos do Itaú (ITUB4) tiveram desvalorização de 2,13%.

As blue chips, que pressionaram o Ibovespa nos últimos pregões, deram uma trégua e impediram uma queda ainda maior do índice. A ação da Vale (VALE5) subiu 0,58% e o papel da Petrobras (PETR4) avançou 0,92%.

Na agenda, o IPCA-15, indicador considerado uma prévia da inflação, desacelerou para 0,58% em maio. A ata do Federal Reserve (Fed, o banco central americano) não surpreendeu o mercado. O analista da Leme Investimentos, João Paulo Brugger, disse que nova pesquisa eleitoral do Ibope a ser divulgada nesta quinta-feira deve mexer com o humor dos investidores.

Estados Unidos

As bolsas americanas caminhavam para fechamento com ganhos em meio ao relatório do Fed sobre a última reunião do Comitê de Política Monetária (Fomc), no fim de abril. A equipe da Guide Investimentos não viu mudanças significativas na posição da autoridade monetária, que deve manter os juros entre zero e 0,25% e continuar a retirada gradativa do programa de compra de títulos.

Por volta das 17h50, o Dow Jones subia 0,97%, o S&P tinha alta de 0,81% e o Nasdaq apresentava valorização de 0,85%.

Dólar

No mercado de câmbio, o dólar fechou em queda de 0,29%, cotado a 2,211 na venda.


Você pode gostar