Ibovespa avança puxado por Petrobras e bancos

Eleições continuam no radar dos investidores, que irão acompanhar a propaganda eleitoral para avaliar as propostas econômicas

Por O Dia

Após abrir no vermelho, o Ibovespa ganhou força com o avanço dos papéis da Petrobras e dos bancos e, por volta das 13h, subia 0,91%, aos 58.085 pontos. As eleições continuam no radar do mercado, que irá acompanhar o início da propaganda eleitoral nesta terça-feira para avaliar as propostas formais dos candidatos, principalmente no que se refere à política econômica.

Petrobras ON avançava 2,04%, Itaú PN subia 1,96% e Bradesco PN tinha alta de 1,84%. À frente dos ganhos, CSN ON valorizava 2,45%. Na ponta negativa, MMX ON perdia 5,08%.

Na noite de quarta-feira, será conhecido o indicador de atividade industrial da China referente a agosto. “O mercado espera alguma estabilidade entre julho e agosto. Diante disso, as cotações de alguns metais já apresentam menores oscilações”, apontou a Guide Investimentos, em relatório.

Na agenda, a segunda prévia do Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M) referente a agosto, índice que baliza o preço dos aluguéis, teve deflação de 0,34%, mais forte que a esperada pela consultoria LCA (-0,29%).

Nos Estados Unidos, a inflação subiu 0,1% na passagem de junho para julho, em linha com a expectativa dos analistas. Por volta das 13h, o Dow Jones subia 0,37%, o S&P tinha alta de 0,36% e o Nasdaq avançava 0,23%.

No mercado de câmbio, o dólar opera perto da estabilidade, cotado a R$ 2,259 na venda.

Últimas de _legado_Notícia