Por parroyo

Após seis altas consecutivas, o Ibovespa opera no vermelho nesta sexta-feira e, por volta das 13h, caía 1,25%, aos 58.525 pontos. Sem novos movimentos no campo eleitoral, o índice acompanha o fraco desempenho das bolsas externas, que perdem valor por conta do aumento da tensão geopolítica na Europa. A Ucrânia acusa a Rússia de ter colocado 90 caminhões de um comboio de ajuda humanitária em seu território sem autorização.

À frente dos ganhos, BR Properties ON subia 1,95%. Na outra ponta, Tim ON recuava 2,68%. Entre as blue chips, Petrobras PN pressionava o índice ao cair 1,50%. Vale PN, por sua vez, perdia 1,35%.

Em relação à corrida eleitoral, diversas reportagens comentam intenção de Marina empropor lei para formalizar a autonomia do Banco Central. “A candidata se esforça para ganhar a confiança do mercado. Uma nova pesquisa do Ibope foi registrada hoje no TSE e deve ser divulgada na próxima semana. Mas levantamentos de alguns partidos já indicam uma melhora de Marina – à frente de Aécio e com reais possibilidades de vencer Dilma num eventual segundo turno”, apontou a Guide Investimentos, em nota.

Nos Estados Unidos, as bolsas operam em direções opostas. No simpósio de Jackson Hole, a presidente do Federel Reserve (Fed, o banco central norte-americano), Janet Yellen, destacou que o mercado de trabalho do país ainda sofre os efeitos da crise e que a autoridade monetária deve agir com cautela para determinar o momento certo para a alta dos juros. Por volta das 13h, o Dow Jones caia 0,12%, o S&P tinha queda de 0,19% e o Nasdaq subia 0,11%.

No mercado de câmbio, o dólar subia 0,49%, cotado a R$ 2,27 na venda.

Você pode gostar