Ibovespa começa o mês com queda de 2,3%, na faixa dos 52 mil pontos

Expectativa eleitoral e fraco desempenho das bolsas norte-americanas contribuíram para queda do índice. Dólar avança para R$ 2,48, o maior patamar em seis anos

Por O Dia

No primeiro pregão de outubro e a quatro dias da eleição, os investidores avaliaram os dados das pesquisas divulgadas na noite de terça-feira, que mostraram Dilma Rousseff (PT) estável, na dianteira da corrida eleitoral, e o acirramento entre Marina Silva (PSB) e Aécio Neves (PSBD) na disputa pelo segundo lugar. A possibilidade de reeleição da presidenta ainda no primeiro turno espalhou cautela entre os investidores e o Ibovespa abriu o mês com queda de 2,32%, aos 52.858 pontos - o índice perdeu os 54 mil pontos e voltou ao patamar que operava no começo de junho, antes da euforia com a subida da Marina nas pesquisas. O giro financeiro foi de R$ 9,7 bilhões. O recuo na sessão acompanhou ainda o fraco desempenho das bolsas norte-americanas.

“Em relação à corrida eleitoral, novas pesquisas Sensus e Datafolha podem sair a partir de hoje, mas dificilmente mostrarão alguma reversão das tendências das coletas mais recentes”, apontou a Guide Investimentos, em nota. Entre as estatais, Petrobras PN caiu 4,92%; Eletrobrás ON recuou 3,66%. Entretanto, Banco do Brasil ON mostrou recuperação ao avançar 1,94%. À frente dos ganhos, Usiminas PNA subiu 2,20%. Na contramão, Marfrig ON teve queda de 6,61%.

Outro destaque negativo da sessão foi a ação da Gol, que recuou 5,13% refletindo principalmente a alta do dólar (que subiu 9,3% em setembro) , uma vez que o combustível de aviação é comprado com a moeda norte-americana. “Teve também a questão da queda das ações das empresas aéreas no exterior por conta de boatos que o setor poderia paralisar em meio à possível epidemia do Ebola. Mas acredito que isso ainda não tenha sido precificado no papel da Gol”, apontou o analista da Futura Investimentos Alan Oliveira. Na terça-feira, os Estados Unidos confirmaram o primeiro caso do vírus no país.

Nos Estados Unidos, em meio a dados mistos da agenda, aumento da tensão geopolítica na Ucrânia e temor pela proliferação do vírus Ebola, as bolsas fecharam no vermelho. A criação de empregos no setor privado foi de 213 mil vagas em setembro, pouco acima da expectativa dos analistas de 205 mil. O dado é avaliado como um adiantamento do resultado do relatório geral de emprego, o Payroll, a ser conhecido na sexta-feira. O setor industrial do país, por sua vez, mostrou desaceleração em setembro e os gastos com construção caíram inesperadamente em agosto. O Dow Jones desvalorizou 1,40%, o S&P recuou 1,32% e o Nasdaq teve queda de 1,59%.

No mercado de câmbio, o dólar avançou 1,5%, cotado a R$ 2,485 – o maior patamar desde dezembro de 2008.

Últimas de _legado_Notícia