Ibovespa opera no azul impulsionado por Petrobras

Ações da estatal ajustam as perdas recentes e avançam quase 4%. Mercado segue à espera da nomeação da nova equipe econômica.

Por O Dia

O Ibovespa opera em alta no começo da tarde desta quarta-feira em meio às especulações sobre a nomeação do novo ministro da Fazenda. Crescem as apostas de que o atual presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, possa assumir o cargo. O nome do presidente do Bradesco, Luiz Trabuco, também volta a ser cotado. Por volta das 13h, o principal índice da Bovespa subia 1,88%, aos 53.041 pontos.

À frente dos ganhos, Marfrig ON avançava 4,86%. Na outra ponta, Pão de Açúcar PN recuava 2,15%. As ações preferenciais da Petrobras subiam 3,78%, em movimento de ajuste após as perdas recentes, e impulsionavam o índice.

Na agenda, a prévia da inflação oficial medida pelo IPCA-15 avançou menos que o esperado em novembro - 0,38% . Nos últimos 12 meses, o índice acumula alta de 6,42%, e está abaixo do teto da meta de 6,5%. No mercado de trabalho, a taxa de desemprego do país caiu para 4,7% em outubro, a menor taxa para o mês desde 2002.

Nos Estados Unidos, o mercado segue à espera da ata da última reunião de política monetária do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano), que será divulgada às 15h. “O documento deve deixar claro que alguns sinais de melhora no mercado de trabalho americano já começam a aparecer de forma mais sólida. Acreditamos que a postura conservadora (de manter os juros em patamares baixos) da autoridade monetária começará a mudar, atingindo um patamar distinto em dezembro”, apontou a Guide Investimentos, em nota. Logo após a abertura da sessão, o Dow Jones caía 0,18%.

No mercado de câmbio, o dólar caía 0,35%, cotado a R$ 2,581 na venda.

Últimas de _legado_Notícia