Ibovespa opera em queda pressionado pelas ações da Petrobras

Papéis da estatal caem mais de 4% após a Moody's colocar os ratings global e nacional da companhia em revisão

Por O Dia

Na sessão após o Natal, em meio a uma agenda com poucos indicadores, o número de negócios é reduzido e o Ibovespa opera em queda pressionado pelos papéis da Petrobras. Após o fechamento da sessão do dia 23 de dezembro, a agência de classificação de risco Moody’s decidiu colocar os ratings em escala global e nacional da companhia em revisão.

Por volta das 13h, o principal índice da Bovespa caía 0,17%, aos 50.805 pontos, com as ações da petroleira liderando as perdas - os preferenciais perdiam 4,10% e os ordinários desvalorizavam 4,10%. “Entre os motivos para a Moody’s colocar a nota da companhia em revisão estão o atraso na divulgação das demonstrações financeiras e eventual falta de liquidez da empresa. O rating Baa3 é o último ainda com grau de investimento”, aponta o Banco Fator, em nota. Na ponta positiva, Eletrobras PNB subia 5,72%.

Nos Estados Unidos, as bolsas operam no azul. Por volta das 13h, o Dow Jones avançava 0,37%, o S&P valorizava 0,35% e o Nasdaq tinha alta de 0,39%.

No mercado de câmbio, o dólar caía 0,35% por volta das 13h, cotado a R$ 2,687 na venda.

Últimas de _legado_Notícia