Por parroyo

A Bovespa fechou o primeiro mês de 2015 com volume financeiro médio diário transacionado de R$ 6,665 bilhões, uma alta de 7,1% na comparação com o mesmo período do ano passado, de acordo com dados disponibilizados pela BM&FBovespa. Frente a dezembro de 2014, contudo, o volume financeiro médio diário caiu 14,7%.

O número médio de negócios diários na bolsa no mês passado alcançou 922.327, alta de 15,2%  ante janeiro do ano passado e de 7,4% ante dezembro de 2014. O principal índice da bolsa paulista, o Ibovespa, encerrou o mês com queda de 6,2%.

O valor de mercado das 362 empresas com ações na Bovespa ficou em R$ 2,155 trilhões no final de janeiro. Um ano antes, o valor das 361 companhias listadas totalizava R$ 2,212 trilhões. Em dezembro de 2014, a 363 empresas somavam R$ 2,243 trilhões.

Os dados referentes à participação de investidores mostraram os estrangeiros respondendo por 52,2% no volume financeiro negociado em janeiro, enquanto a fatia dos institucionais correspondeu a 27,2% e parcela das pessoas físicas alcançou 14,6%.

No mesmo mês de 2014, os estrangeiros eram responsáveis por 46,9% do volume da bolsa, os investidores institucionais por 32,9% e as pessoas físicas, por 13,2%. Em dezembro, tais percentuais eram de 53,7%, 27,7%  e 11,2%, respectivamente.

Os dados da BM&FBovespa também mostram que o saldo do capital externo ficou positivo em R$ 1,575 bilhão no mês passado, contra resultado negativo de R$ 854,5 milhões em janeiro de 2014 e saídas líquidas de R$ 2,222 bilhões em dezembro do ano passado.

Você pode gostar