Ibovespa reflete noticiário negativo e opera no vermelho

FMI aponta queda de 1% no PIB do Brasil em 2015. Vendas no varejo mostram o pior resultado desde 2003. Dólar cai, cotado a R$ 3,07

Por O Dia

O Ibovespa opera em queda nesta terça-feira em meio ao noticiário negativo. O Fundo Monetário Internacional (FMI) apresentou o maior corte na projeção do PIB do Brasil entre os países emergentes, para queda de 1% neste ano, contra projeção anterior que apontava expansão de 0,3%. Na agenda, as vendas no varejo do país caíram 3,1% em fevereiro, na comparação anual - o pior resultado do indicador desde 2003. Por volta das 13h, o principal índice da Bolsa perdia 0,47%, aos 53.986 pontos.

À frente dos ganhos, Gol PN subia 5,11%. Na contramão, JBS ON tinha queda de 4,13%.

Após disparar quase 4% ontem, como reflexo da expectativa de venda da participação na Braskem, os papéis preferenciais da Petrobras subiam 1,14%. A estatal informou que o Conselho de Administração irá se reunir no dia 22 para avaliar o balanço auditado, que deve ser divulgado na mesma data.

Nos Estados Unidos, as bolsas operam em direções opostas, com os investidores avaliando os primeiros resultados corporativos apresentados. Além disso, rumores apontam que a Grécia estaria se preparando para declarar um calote da sua dívida. Por volta das 13h, o Dow Jones subia 0,17%, enquanto o S&P recuava 0,03%.

No mercado de câmbio, o dólar caía 1,5%, cotado a R$ 3,078 na venda.

Últimas de _legado_Notícia