Por parroyo

Após abrir no azul, o Ibovespa passa por um ajuste depois de ter subido 5% na semana passada e opera em campo negativo nesta segunda-feira, pressionado pelas ações da Petrobras e dos bancos. Por volta das 13h, o principal índice da Bolsa perdia 1,14%, aos 55.951 pontos.

As ações da Vale figuravam entre as maiores altas do dia, ao avançarem 2,37%, ainda na esteira da recuperação do preço do minério de ferro, que sobe pela quarta sessão seguida.Na contramão, os papéis ordinários da Petrobras desvalorizavam 4,69% em um movimento de ajuste às fortes altas recentes. Bradesco PN perdia 1,28% e Itaú PN caía 1,89%.

Na agenda, os economistas consultados pelo Banco Central revisaram a projeção para inflação no fim deste ano para alta de 8,25%, contra avanço de 8,23% apontado na semana passada. Em relação ao desempenho do Produto Interno Bruto (PIB), a expectativa é de retração de 1,1%. Na última semana, a perspectiva era queda de 1,03%.

Nos Estados Unidos, as bolsas sobem em meio à expectativa pelo desempenho positivo das companhias no primeiro trimestre. Por volta das 13h, o Dow Jones subia 0,22%.

No mercado de câmbio, o dólar recuava 1,67%, cotado a R$ 2,90 na venda.

Você pode gostar