Por parroyo

O Ibovespa opera em queda nesta quinta-feira e, por volta das 13h, caía 0,51%, aos 56.811 pontos mesmo após a Câmara dos Deputados ter aprovado a Medida Provisória 665, que muda as regras do seguro-desemprego. À frente dos ganhos, Gafisa ON subia 3,61%. Na contramão, CSN ON perdia 5,64%. As ações preferenciais da Petrobras, por sua vez, tinham leve avanço de 0,15%.

As atenções do mercado se voltam para a ata do Copom, relatório no qual o Banco Central sinalizou que pode aumentar novamente a Selic na reunião de junho. A estimativa de avanço para os preços administrados em 2015 subiu de 10,7% para 11,85. Já a projeção para o IPCA, índice oficial de inflação, foi de 8,26% no fim do ano, em linha com a última pesquisa Focus.

Nos Estados Unidos, as bolsas operam em alta após a notícia de que o Federal Reserve (Fed) está esboçando um plano para prevenir a contração abrupta do mercado quando a taxa de juro for elevada e a liquidez diminuir. Por volta das 13h, o Dow Jones subia 0,38%.

No mercado de câmbio, o dólar caía 0,18%, cotado a R$ 3,041 na venda. “O movimento reflete a vitória do governo na aprovação da MP 665 (que muda as regras de benefícios previdenciários) e apostas de novos fluxos depois da Ata do Copom sinalizar novos aumentos de juros e alterar a taxa referencial do dólar de R$ 2,85 para R$ 3,00”, apontou a Correparti, em nota.

Você pode gostar