Por parroyo

O Ibovespa opera em forte queda nesta terça-feira, pressionado pelas ações da Vale, Petrobras e siderúrgicas. Por volta das 13h, o principal índice da Bovespa recuava 1,34%, aos 55. 450 pontos.

À frente das perdas, CSN ON perdia 6,06% em meio à queda na demanda de produção siderúrgica, seguida por Usiminas, que caía 5,32% como reflexo do anúncio de que a companhia irá desligar temporariamente fornos a partir do fim de maio. A ação preferencial da Petrobras, por sua vez, tinha queda de 5,08%, enquanto os papéis da Vale desvalorizavam 2,77%.

Na agenda, o emprego industrial fechou o mês de março com queda de 0,6% em relação a fevereiro, conforme dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Com o resultado, houve recuo de 4,6% nos empregos do setor no primeiro trimestre.

Nos Estados Unidos, as bolsas operam em direções opostas. O número de construções de casas novas saltou, em abril, para o nível mais alto em quase dois anos, o que alimenta a expectativa de que o Federal Reserve pode subir os juros antes do esperado. Por volta das 13h, o Dow Jones valorizava 0,7% e o Nasdaq tinha queda de 0,09%.

No mercado de câmbio, o dólar subia 0,17%, cotado a R$ 3,023 na venda.

Você pode gostar