Casa própria a partir de R$ 119 mil

Opções de unidades para trocar o aluguel pela casa própria

Por O Dia

Rio - O mercado de imóveis econômicos tem se destacado mesmo em tempos de crise. As vendas destas unidades que custam de R$ 119 mil a R$ 225 mil e, boa parte se enquadra no programa Minha Casa, Minha Vida, têm ajudado a economia, além de contribuir para que milhares de famílias possam realizar o sonho da casa própria. O acesso ao financiamento é mais em conta, pois os juros variam de 5,5% a 8,16% ao ano mais TR (Taxa Referencial) e o percentual a ser emprestado pode chegar a 100%. Já o prazo de pagamento é de até 30 anos.

Outro aliado é o subsídio (desconto no valor do imóvel) que pode chegar a R$ 27.500, dependendo da cidade. E quanto menor a renda maior será o benefício limitado ao valor acima. No Estado do Rio é possível encontrar imóveis pelo programa habitacional do governo. Há unidades prontas, em construção e lançamento. São voltadas para famílias com renda de até R$6.500 e que não tenham imóvel e nem financiamento imobiliário em seu nome.

.Divulgação

“Na verdade o segmento econômico está mantendo o mercado. Hoje, a pessoa compra pelo Minha Casa, Minha Vida e a prestação é menor do que o aluguel. Isso sem falar no subsídio e nos juros em conta. Conseguir todos estes benefícios para o primeiro imóvel é excelente”, afirma Adenyr de Sá Gomes Júnior, diretor-geral da Nova Casa Imobiliária. Ele ressalta, por exemplo, o valor das unidades do condomínio Bosque do Méier, da Adequatto Engenharia e Empreendimentos que custa a partir de R$ 177 mil. A imobiliária conta com imóveis pelo Minha Casa, Minha Vida espalhados pelo Rio e Baixada.

Segundo o sócio-diretor da Adequatto, Vladimir Pereira, é o primeiro empreendimento da empresa pelo programa. “Temos ótima localização em terreno com 38 mil metros quadrados que nos permitiu enquadrar no Minha Casa, Minha Vida. A primeira fase conta com 236 apartamento divididos em quatro blocos e, no total, serão sete prédios”, explica Pereira.

São apartamentos com dois quartos, sala, cozinha, banheiro, lazer completo e elevador. “As obras já começaram e a previsão de entrega é para 2018”, conta Pereira. Ele ressalta que o bairro tem toda infraestrutura de comércio e transporte e está ao lado da Linha Amarela. “Temos demanda de militares da Marinha e de outras forças. As condições de pagamento são vantajosas e o empreendimento é completo, com lazer, segurança e boa localização”, conclui.

.Divulgação


Pronto para morar na Pavuna
A Cury, Direcional e MRV atuam fortemente neste segmento, com condomínios que atendem a todo tipo de família. “A Cury investe em empreendimentos econômicos e supereconômicos, com boa localização e estrutura de condomínio-clube. Até o fim do ano está previsto o lançamento do Dez Vista Alegre,com dois quartos, área de lazer completa e que se enquadra no Minha Casa, Minha Vida”, diz Leonardo Mesquita, diretor de Negócios.

De acordo com ele, quem procura imóvel em São Gonçalo, deve visitar o Dez Covanca, com dois quartos, infraestrutura de lazer e apartamentos a partir de R$ 214 mil. Já para os interessados em imóvel pronto para morar, a Cury tem o Estação Zona Norte, na Pavuna, com dois quartos, área de lazer e a apenas 400 metros da estação de metrô. Os apartamentos são a partir de R$ 148 mil e se encaixam no programa habitacional.

A Mdoito faz a gestão de incorporação de projetos do programa do governo. Entre eles, o Residencial Ekos Monjolos, também em São Gonçalo, da construtora Edificar, que está na segunda fase, com unidades a partir de R$ 119 mil. “São oferecidos 80 apartamentos com dois quartos e área de lazer. Sempre agregamos valor aos projetos, mesmo para esta faixa de renda. Prova disso, foi o sucesso de vendas do Cenário de Monet, em Petrópolis. Entre os diferenciais estão a varanda gourmet e a área de lazer”, diz a arquiteta da Mdoito, Mariana Soria, que adianta que vai fazer este ano mais um empreendimento, o Cenário da Montanha, na mesma cidade.

Já a MRV oferece nove empreendimentos que se enquadram no valor de até R$ 225 mil. O apartamento no Parque Recanto das Flores, por exemplo, tem preço médio R$151.798. “São imóveis com preços acessíveis e com todas as facilidades de compra estabelecidas pela MRV. Para quem deseja sair do aluguel e adquirir o apartamento dos sonhos oferecemos diversas opções para todos os gostos e bolsos”, ressalta o gestor Executivo da MRV, Sandro Perin.

Últimas de _legado_Imóveis