Por luana.benedito

Rio - Quem planeja começar o ano de casa nova ou pensando em construir, deve aproveitar as promoções que as construtoras estão fazendo neste início de ano. Como uma forma de divulgar e incentivar o uso do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para a compra da casa própria, a MRV Engenharia lançou a campanha ‘FGTS Turbo’.

A proposta concede aos clientes que utilizarem o recurso para aquisição do imóvel, um desconto no valor de R$ 3 mil. Cerca de 100 empreendimentos da construtora espalhados por todo o Brasil fazem parte da promoção da construtora.

Segundo o diretor de Marketing da MRV, Rodrigo Resende, a utilização do FGTS traz outros benefícios que vão além do pagamento de parte do imóvel. “A utilização do saldo do fundo para aquisição da casa própria é o melhor destino para o recurso. E o cliente ainda tem acesso a linhas de financiamento diferenciadas. A campanha veio para fortalecer e incentivar o uso do recurso. E ainda vamos oferecer um bônus de R$ 3 mil, independentemente do valor de FGTS que o trabalhador tenha na conta vinculada. Dessa forma, contribuímos para que o sonho da casa própria seja realizado”, argumenta o diretor da MRV.

Construtoras oferecem descontos e isenções de impostosDivulgação

Para ter acesso ao FGTS, é preciso cumprir algumas regras definidas pelo Conselho Curador. Entre elas, ter trabalhado pelo menos três anos de carteira assinada, consecutivos ou não, além de não ser proprietário de imóvel residencial no município onde pretende comprar o novo e nem ter empréstimo pelo Sistema Financeiro de Habitação (SFH).

Quem deseja aproveitar o desconto, basta ir a um ponto de venda MRV até 5 de fevereiro. No local, o cliente poderá realizar simulações e encontrar a melhor solução de financiamento.

“Oriento aos compradores que tragam toda a documentação (CPF, identidade e comprovantes de residência, de renda e extratos bancários) necessária para que possamos fazer a análise. O crédito pode ser aprovado na hora e o cliente já sai de lá com o negócio fechado”, lembra Resende.

Confira mais opções de descontos

Com apenas R$ 35.300 de entrada e podendo utilizar o carro e o FGTS na negociação, o interessado em sair do aluguel vai poder comprar a casa própria e agendar a mudança. Isso porque a Avanço Realizações Imobiliárias oferece apartamentos prontos em quatro empreendimentos nos bairros de Engenho de Dentro, na Freguesia e em Olaria com estas condições. Ou seja, em alguns casos, o interessado não vai precisar ter dinheiro na mão. São os condomínios, Elo, Jazz, Magnific e Melody, que contam com lazer completo e segurança 24h. A construtora paga 90% da tabela Fipe no veículo utilizado na operação.

Azul Construções tem imóveis prontos e quase prontos para morar dentro e fora do programa habitacional do governo federal. A construtora está com condições especiais para quem planeja trocar o aluguel pela casa própria. Segundo o diretor José Marques, o Imposto sobre Transmissão de Bens Imóveis (ITBI) e o registro são pagos pela empresa e ainda há 5% de desconto, pois a negociação é feita direto com o construtor.

Entre as ofertas estão O Solar Residence, em Padre Miguel, com unidades a partir de R$ 190 mil, que está pronto, e os empreendimentos Nova Califórnia e Residencial Grand Ville, que estão em construção. Também há a possibilidade do uso do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

A Celta Engenharia está com a promoção do 14º salário neste mês (janeiro), oferecendo descontos de até R$ 15 mil. O abatimento vale para quem comprar um dos apartamentos dos empreendimentos Riviera, em Campo Grande, e Monte Carlo, na Freguesia, em Jacarepaguá, que estão prontos para morar. Os interessados também vão poder o usar o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), desde que se enquadrem na regras para utilização do recurso, como de não ter imóvel em seu nome. No condomínio de Campo Grande, o desconto será limitado a R$ 8 mil, por exemplo. Se a renda for de R$ 4 mil, o abatimento no valor do imóvel será neste valor. As unidades custam a partir de R$ 235 mil e na Freguesia a partir de R$ 399.900.

A construtora Fernandes Araujo oferece terrenos em Campo Grande prontos para construir a partir de R$ 58.183. O Imposto de Transmissão de Bens Imóveis (ITBI) e o registro são grátis, além do financiamento poder ser feito em até 84 meses direto com a construtora. Os loteamentos já oferecem arruamento e infraestrutura de água e esgoto.

Você pode gostar