Árvore de Natal para todos os gostos

Rústica ou tradicional, veja as dicas para deixá-la de cara nova

Por O Dia

Rio - Bolas, enfeites, pisca-pisca, bonecos e até fotos são alguns elementos que podem compor a decoração da árvore de Natal. A criatividade é fundamental para da uma “cara nova” todo ano ao objeto. Quem gosta de um estilo mais rústico, por exemplo, a cenógrafa Anna Miranda, da Cena e Cenário, propõe uma decoração natalina baseada no processo upcycling. A técnica tem por principio transformar materiais que não tinham mais valor em um novo contexto, com um novo uso, mas mantendo suas características. Segundo ela, é a evolução da reciclagem, levando sempre em conta a sustentabilidade.

Criatividade%3A objetos%2C como uma escada%2C viram árvore de NatalDivulgação

“A tendência, que já é bem conhecida no Brasil, agora está mais sofisticada e romântica. Passando longe da ostentação, ela assume um ar rústico e requintado, mas que pode ser conquistado com elementos naturais acessíveis, fáceis de serem encontrados no mercado”, explica a cenógrafa.

Uma das dicas da especialista é o reaproveitamento de materiais. “Baratos e fáceis de serem encontrados é possível criar belos arranjos usando juta, palha e madeira. Para deixar a inspiração aflorar, busque no Youtube tutoriais que ensinam como fazer peças natalinas que podem ser feitas em casa com esses materiais”, indica Anna.

Ela conta ainda que o estilo rústico combina com o ar livre. “Pense em montar uma ceia de natal no quintal, se tiver um espaço com jardim. Ou traga os canteiros de flores e as plantas para dentro de casa. Se não for possível, faça uso de galhos e folhagens para montar o centro da mesa e alguns cantinhos charmosos”, indica.

Além disso, ela sugere trocar o tradicional vermelho pelo branco, palha ou tons terrosos, como marrom, terracota, caramelo e bege. “Eles são capazes de valorizar a atmosfera do campo e deixam qualquer composição mais rústica e natural, harmonizando muito bem com as folhagens verdes”, conta. A cenógrafa lembra que a madeira é o elemento de destaque das decorações rústicas, principalmente quando tem um aspecto inacabado e robusto. “O elemento pode aparecer tanto nos móveis antigos, principalmente mesas e aparadores, ou até mesmo em adornos esculpidos na própria madeira”, explica. Outro material que segue a tendência do rústico é o ferro. A especialista sugere utilizar elementos já presentes em casa ou adquirir algumas peças em ferro velho, como partes de carroças e rodas. “O cobre também está super em alta e pode ser usado nos vasos, castiçais ou objetos”, lembra.

Além das tradicionais bolas e pisca-pisca%2C a árvore pode receber enfeites como bonecos e fotos%2C entre outrosDivulgação

Estilo tradicional

Quem não abre mão da árvore de Natal tradicional, deve conferir as seis dicas da decoradora Cecilia Dale. E não esqueça de envolver a família nesse trabalho. Assim, cada um vai dar a sua contribuição e todos entram no espírito da época.

1. Prepare bem o pinheiro, abrindo os seus ramos e desamassando todos os galhos. Ele é a base da decoração e precisa estar bem armado.

2. Coloque as luzes antes de tudo. Assim, você evita que os fios apareçam por cima dos enfeites. Isso garante um efeito muito mais especial, pois a árvore fica iluminada 'por dentro'.

3. Comece a colocar os enfeites com a árvore acesa. Fica mais fácil identificar 'buracos', onde é preciso pôr enfeites maiores ou mais importantes.

4. Pendure primeiro os enfeites maiores, como laços e bolas grandes, depois vá colocando os outros, por ordem de tamanho, até chegar aos menores, que servem para arrematar o espaço que sobrou.

5. Enfeites grandes devem ficar do meio para baixo da árvore. No topo, arremate com uma só peça mais importante: uma ponteira, uma estrela, um Papai Noel ou mesmo um laço bem grande.

6. Durante a arrumação, faça pausas e dê um passo para trás para ver como está ficando o conjunto para localizar os lugares que precisam ser preenchidos. Quanto mais cheia, mais bonita fica a árvore.