Por marta.valim

Washington - A economia dos Estados Unidos sofreu no primeiro trimestre com as duras condições de inverno, apresentando um crescimento de 0,1% em projeção anual, segundo a primeira estimativa do Departamento de Comércio publicada nesta quarta-feira.

A previsão média dos analistas era de um crescimento de 1% do Produto Interno Bruto (PIB), depois de ter registrado uma expansão de 2,6% no quarto trimestre.

Com exceção dos gastos de consumo, que mantiveram um bom comportamento - sobretudo graças aos gastos em serviços - registrando uma progressão de 3% (contra 3,3% no trimestre anterior), muitos setores da economia caíram no vermelho.

Desta forma, os investimentos das empresas retrocederam 2,1%, após uma alta de 5,7% no trimestre anterior. Os investimentos residenciais caíram 5,7%. Quanto às exportações, baixaram 7,6%, quando haviam marcado um aumento de 9,5% no quarto trimestre.

O Departamento de Comércio não fez comentários para explicar esta freada espetacular do crescimento entre janeiro e março, mas o Federal Reserve advertiu em várias oportunidades que as excepcionais condições de inverno haviam provocado uma desaceleração da atividade econômica.

A primeira estimativa do PIB pelo departamento de Comércio normalmente é fortemente revisada durante as outras duas estimativas que serão realizadas.

Você pode gostar