Por marta.valim

Moscou - A empresa russa Gazprom exige da companhia pública ucraniana US$ 1,66 bilhão em pagamento antecipado para o fornecimento de gás em junho, anunciou o porta-voz do grupo, Serguei Kuprianov.

"Apresentamos a conta do pré-pagamento, baseada em um volume de entregas de 114 milhões de metros cúbicos por dia de gás, previsto no contrato", declarou Kuprianov, citado pelas agência russas.

Ele disse que Kiev tem até 2 de junho para efetuar o pagamento.

A Gazprom alertou na segunda-feira que poderia interromper o fornecimento de gás para a Ucrânia em junho, caso Kiev não pagasse de maneira antecipada a fatura do mês.

O presidente da Gazprom, Alexei Miller, afirmou na segunda-feira que se o governo de Kiev não pagar a conta, a "Ucrânia receberá zero metro cúbico em junho".

Você pode gostar