Martin Schulz reeleito presidente do Parlamento Europeu

O social-democrata alemão foi eleito com 409 a favor em um total de 612. Em seu discurso, Schulz alertou os antieuropeus e membros da extrema-direita que não aceitará atos contra a dignidade humana

Por O Dia

O social-democrata alemão Martin Schulz foi reeleito nesta terça-feira presidente do Parlamento Europeu por 409 votos, em um total de 612.

Schulz, que foi presidente da Eurocâmara durante a legislatura anterior por dois anos e meio, volta a ocupar o cargo por mais dois anos e meio em consequência de um acordo entre socialistas e conservadores do Partido Popular Europeu.

Assim como na legislatura anterior, os dois blocos concordaram em dividir a presidência do Parlamento por períodos iguais no mandato de cinco anos.

"É uma responsabilidade que assumo e aceito", declarou Schulz no plenário. "Estamos diante de um processo de mudança", completou.

"O Parlamento agora é inevitável", destacou, ao recordar que graças ao processo defendido pela Eurocâmara um líder de lista dos partidos representados na Casa foi designado como presidente da Comissão Europeia (Jean-Claude Juncker, do PPE).

Como uma advertência para os partidos antieuropeus e de extrema-direita, o novo presidente disse que não aceitará aqueles que não respeitam as regras da dignidade humana.

Últimas de _legado_Notícia