Por marta.valim

O presidente russo Vladimir Putin determinou nesta quarta-feira a proibição ou a limitação por um ano das importações de produtos agrícolas provenientes dos países que aplicaram sanções econômicas contra a Rússia, segundo anunciou o Kremlin em comunicado.

"Com o objetivo de proteger o interesse nacional da Federação Russa (...), ordeno proibir ou limitar por um ano as importações do território russo de certos tipos de produtos agrícolas, de matérias-primas e de produtos alimentícios provenientes de países que decidiram instaurar sanções econômicas contra a Rússia", declarou Putin, citado em um comunicado.

A União Europeia e os Estados Unidos, entre outros países, aplicaram uma série de sanções econômicas sem precedentes contra a Rússia desde a Guerra Fria, acusando Moscou de apoiar militarmente os separatistas pró-russos no leste da Ucrânia, o que a Rússia desmente.

Putin anunciou na terça-feira que havia ordenado que seu governo preparasse medidas em resposta às sanções, que proíbem, por exemplo, o acesso dos principais bancos russos ao mercado ocidental de capitais, as exportações de armas e de alguns equipamentos de exploração de petróleo para a Rússia.

Você pode gostar