Por marta.valim

O líder da Crimeia, leal ao Kremlin, afirmou que se o mundo reconhece uma votação escocesa a favor da independência, terá que apoiar a decisão desta península de ser anexada pela Rússia.

O primeiro-ministro de fato, Serguei Aksionov, afirmou que o Ocidente "não terá outra alternativa" a não ser respaldar o controverso referendo da Crimeia de secessão da Ucrânia e anexação à Rússia, realizado em março, caso aceite um referendo escocês que aprove uma ruptura com o Reino Unido.

"Se em qualquer país a maioria da população (de uma região) toma uma decisão sobre o estatuto de independência, então eu apoio isto", afirmou Aksionov, segundo a agência russa Interfax.

A comunidade internacional se negou a reconhecer a anexação da Crimeia e apenas alguns poucos aliados do Kremlin apoiaram a iniciativa.

Você pode gostar