Homem armado faz reféns em mercado no leste de Paris

Em outra região da cidade, forças de segurança cercam os irmãos suspeitos de atacar e matar 12 pessoas em jornal francês

Por O Dia

Paris - Várias pessoas estão sendo mantidas reféns em um supermercado kosher no leste de Paris nesta seAinda não há confirmaçãoxta-feira, depois de ter havido um tiroteio envolvendo um homem com duas armas, disse uma fonte da polícia francesa.

Não havia confirmação de que o homem seja o mesmo suspeito de ter matado uma policial em um subúrbio ao sul de Paris, na quinta-feira.

Uma fonte policial informou à Reuters, mais cedo, que ele seria membro do mesmo grupo jihadista ao qual pertencem os dois suspeitos do ataque ao jornal semanal Charlie Hebdo.

Forças francesas de combate ao terrorismo fazem cerco a um prédio onde acreditam que estão os dois suspeitos do ataque ao jornal Charlie Hebdo e pretendem iniciar uma negociação, sem ainda ter invadido o local, disse um porta-voz do Ministério do Interior francês.

"A prioridade é estabelecer um diálogo", disse Pierre-Henry Brandet em uma mensagem publicada por meio do Twitter pelo ministério.

"Isso pode levar bastante tempo, horas e às vezes dias", acrescentou.

Sequestro deixa uma pessoa gravemente ferida, diz polícia

Uma pessoa ficou gravemente ferida em um sequestro dentro de um supermercado kosher no leste de Paris nesta sexta-feira, disse uma fonte da polícia.

O Ministério do Interior negou reportagens publicadas na mídia francesa afirmando que duas pessoas teriam morrido no incidente.

Fontes da polícia disseram que uma pessoa foi ferida a tiros.


Últimas de _legado_Notícia