Irã só vai assinar acordo nuclear se sanções forem retiradas simultaneamente

A afirmação é do presidente Hassan Rouhani, feita em discurso nesta quinta-feira

Por O Dia

O Irã só vai assinar um acordo nuclear final com seis potências mundiais se todas as sanções impostas ao país devido ao polêmico programa nuclear forem levantadas no mesmo dia, disse o presidente Hassan Rouhani em discurso transmitido pela televisão nesta quinta-feira.

O Irã e as potências chegaram a um acordo preliminar na semana passada na cidade suíça de Lausanne que visa restringir o trabalho atômico de Teerã, em troca da retirada das sanções econômicas impostas ao país.

Leia também: Irã e potências chegam a um acordo preliminar sobre programa nuclear

Todos os lados estão trabalhando até o prazo de 30 de junho para finalizarem um acordo final sobre o trabalho nuclear iraniano, que as potências ocidentais temem ter como objetivo o desenvolvimento de uma bomba atômica, mas que Teerã diz ser puramente pacífico.

"Nós não vamos assinar qualquer acordo, a menos que todas as sanções sejam levantadas no mesmo dia... Queremos um acordo ganha-ganha para todas as partes envolvidas nas negociações nucleares", disse Rouhani.

Desde que foi alcançado o acordo preliminar, o Irã e os Estados Unidos parecem ter interpretações diferentes sobre algumas questões, incluindo o ritmo e a extensão da remoção de sanções.

Últimas de _legado_Notícia