OMS alerta para casos de síndrome de Guillain-Barre em países com surtos de zika

Crescimento do número de casos da sídrome coincide com o surgimento do vírus em 33 países

Por O Dia

Suíça - A Organização Mundial da Saúde (OMS) disse em seu boletim semanal, divulgado neste sábado em Genebra, que um distúrbio neurológico está aparecendo em vários países latino-americanos onde também estão ocorrendo surtos do vírus zika. Segundo a OMS, casos da síndrome de Guillain-Barre (GBS), que pode causar paralisia temporária, foram relatados no Brasil, na Colômbia, em El Salvador, no Suriname e na Venezuela.

LEIA MAIS:

Colômbia tem mais de três mil grávidas infectadas com o Zika vírus

Risco de transmissão do zika vírus divide pediatras brasileiros

Hospital desmente surto da síndrome Guillain-Barré por causa de zika

Venezuela tem 255 casos de Síndrome de Guillain-Barré vinculados ao zika

O crescimento do número de casos de Guillain-Barre coincide com o surgimento do vírus zika em 33 países e também com um aumento do número de casos de microcefalia, uma condição rara na qual bebês nascem com o cérebro anormalmente reduzido.

A OMS ressalvou que "a causa do crescimento da incidência de GBS continua desconhecida, especialmente porque os vírus zika, chikungunya e o da dengue estão circulando simultaneamente nas Américas".

Últimas de _legado_Mundo e Ciência