Zika: OMS defende testes com mosquitos modificados e bactéria

Órgão pediu 'imediata linha de defesa' e destacou o potencial da liberação de mosquitos machos estéreis no ambiente

Por O Dia

Suíça - A Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou apoio nesta terça-feira a testes com mosquitos geneticamente modificados e uma bactéria que infecta insetos como possíveis armas importantes para combater o Zika vírus.

OMS destacou o potencial da liberação de mosquitos machos estéreis no ambienteFiocruz imagens

"Diante da magnitude da crise de Zika, a OMS encoraja os países afetados e seus parceiros a aumentar o uso tanto de antigas como de novas formas de controle de mosquito como a mais imediata linha de defesa", disse a OMS em comunicado.

A entidade também destacou o potencial da liberação no ambiente de mosquitos machos estéreis por irradiação.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência