Por marina.rocha

Bogotá - O número de pacientes infectados por Zika vírus na Colômbia subiu 17,2% na última semana, para 37.011 casos, incluindo 6.356 mulheres grávidas, embora não tenham sido relatados casos de microcefalia associados à doença, informou neste sábado o Instituto Nacional de Saúde.

O boletim afirma que, na última semana, o número de mulheres grávidas com o vírus aumentou 26,7%. A Colômbia é o segundo país com mais casos de Zika na América Latina e Caribe, depois do Brasil.

Ainda são desconhecidos muitos detalhes sobre o Zika, incluindo se o vírus transmitido pelo mosquito Aedes aegypti realmente provoca microcefalia, uma má-formação cerebral em bebês.

O Brasil investiga a relação entre o vírus e cerca de 4 mil casos suspeitos de microcefalia em recém-nascidos. O Ministério da Saúde disse esta semana que "a maioria" dos 508 casos confirmados de microcefalia no país estão ligados a infecções por Zika.

Você pode gostar