Ataque a consulado indiano no Afeganistão deixa mortos e feridos

Atentado terrorista aconteceu após um homem detonar explosivos que estavam em um carro perto da instalação diplonatica, em Jalalabad

Por O Dia

Cabul - Pelo menos sete pessoas morreram, cinco delas insurgentes, e 19 ficaram feridas nesta quarta-feira em um ataque suicida contra o consulado da Índia na cidade de Jalalabad, no leste do Afeganistão.

"Cinco agressores estavam envolvidos no ataque fracassado ao consulado indiano", disse Attaullah Khogyanai, porta-voz da província de Nangarhar, cuja capital é Jalalabad. Ele esclareceu que todos os feridos são civis e entre os mortos está uma mulher.

Segundo a Khogyanai, um terrorista detonou os explosivos que levava em um veículo perto do consulado e depois quatro insurgentes tentaram entrar nas instalações, mas foram mortos pelas forças de segurança. Khogyanai garantiu que a ação já teria terminado e que a situação voltou ao normal depois que as tropas afegãs chegaram ao local. "Nenhum funcionário do consulado está entre os mortos ou feridos", informou o porta-voz.

Este é o segundo ataque na região em um mês e meio. Em 13 de janeiro, pelo menos sete membros das forças afegãs e três terroristas morreram e dez ficaram feridas em um ataque contra uma casa de hóspedes e o consulado do Paquistão em Jalalabad. O ataque foi reivindicado então pelo grupo terrorista Estado Islâmico (EI) no Afeganistão, que tem seu principal reduto nessa província afegã.

Essa ação insurgente aconteceu uma semana depois do ataque ao consulado da Índia na cidade afegã de Mazar-e-Sharif, no norte do Afeganistão, no qual morreram cinco pessoas, quatro terroristas e um policial, após 25 horas de enfrentamento.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência