Todos contra Donald Trump

Líderes do Partido Republicano buscam estratégias para impedir que bilionário se torne o indicado para a eleição

Por O Dia

Estados Unidos - Líderes do Partido Republicano buscam estratégias para impedir Donald Trump de se tornar o indicado para a eleição de novembro. O presidente da Câmara dos Deputados, o republicano Paul Ryan, disse que não tem interesse em embarcar na disputa, e o senador Ted Cruz, pré-candidato que enfrenta Trump nas primárias, descartou escolher o candidato republicano em convenção. Ontem, Ben Carson desistiu da disputa.

Líderes do partido consideram que Trump não seria capaz de vencer a principal pré-candidata democrata, Hillary Clinton, na eleição, mas o tempo está se esgotando, depois que o empresário obteve grandes vitórias na Superterça.

Novo grupo em apoio a Ryan apresentou documentos à Comissão Eleitoral Federal, na quinta-feira, pedindo autorização para arrecadar recursos para lançar o presidente da Câmara como uma alternativa republicana. Ryan, um especialista em orçamento que foi candidato a vice em 2012, é visto como um unificador. Mas ele não mostrou sinal de querer liderar os republicanos na eleição.

Cruz, por sua vez, rejeitou a ideia de um acordo para escolher alguém que não seja Trump na convenção dos republicanos em julho. “Se os negociadores em Washington tentarem roubar a nomeação do povo, acho que seria um desastre. Provocaria uma revolta”, disse o senador.

Com a Reuters

Últimas de _legado_Mundo e Ciência