Curdos assumem responsabilidade por ataque na Turquia

Grupo disse que o ataque na capital turca foi uma resposta à operações militares contra os rebeldes curdos no sudeste do país

Por O Dia

Turquia - A militância curda na Turquia reivindicou a responsabilidade pelo ataque com carro bomba em Ancara, que deixou 37 pessoas mortas. Em comunicado, o grupo Falcões da Liberdade do Curdistão disse que o ataque na capital turca foi uma resposta à operações militares contra os rebeldes curdos no sudeste do país.

O grupo é considerado um braço do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) e é apontado como responsável por vários ataques no passado, incluindo outro atentado em Ancara em fevereiro, que matou 29 pessoas. Mais de 200 pessoas morreram em cinco atentados a bomba na Turquia desde julho, atribuídos aos rebeldes curdos e ao Estado Islâmico.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência