Túmulo de Tutancâmon pode ter câmaras secretas

Para estudioso, descoberta reforça a hipótese de que os restos da rainha Nefertiti estejam no local

Por O Dia

Cairo - Análises mostraram a possível existência de duas câmaras secretas na tumba do faraó Tutancâmon, morto por volta de 1323 a.C., que conteriam materiais orgânicos e metais. O anúncio foi feito pelo ministro das Antiguidades egípcio, Mamdouh Eldamaty, em coletiva de imprensa. Segundo ele, no local podem estar guardados restos humanos, que poderiam ser de algum membro da família do faraó.

Novas pesquisas serão realizadas em breve para tentar confirmar a hipótese. Descobertas contribuem para a hipótese de que os restos da rainha Nefertiti estejam no local. Ela foi uma das esposas de seu pai, Aquenaton, "o faraó herege", mas especialistas não acreditam que ela seja sua mãe. Até o momento, o túmulo de Nefertiti, conhecida por sua beleza, nunca foi encontrado.

As conclusões foram obtidas após exames com radares na tumba realizados entre os dias 26 e 27 de novembro do ano passado, explicou o ministro. A tumba do famoso faraó foi descoberta em 1922, pelo arqueólogo britânico Howard Carter, após três mil anos escondida. Conhecido como rei-menino, Tutancâmon, morreu aos 19 anos após quase dez anos no Poder.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência