Gerente de campanha de Trump é acusado de agredir jornalista

Incidente foi no início do mês na Flórida

Por O Dia

Miami - Não bastassem as abobrinhas que fala, o polêmico Donald Trump pode ter uma baixa no seu staff. Corey Lewandowski, gerente de campanha do principal pré-candidato republicano à Presidência dos Estados Unidos, foi acusado de agressão na Flórida.

A polícia da cidade de Jupiter acusa Corey, de 42 anos, de agarrar e machucar intencionalmente o braço de Michelle Fields, repórter do site conservador ‘Breitbart’, quando ela tentava fazer uma pergunta a Trump em um evento de campanha dia 8.

Corey%2C à esquerda e à frente na foto%2C pode pegar um ano de prisãoEfe

“Lewandowski é absolutamente inocente desta acusação”, afirmou a campanha de Trump em comunicado. “Ele vai apresentar declaração de inocência e aguarda sua chance de ir ao tribunal. Ele está confiante de que será inocentado.”

A polícia divulgou vídeo que registrou o incidente. A filmagem mostra Michelle andando ao lado de Trump e Lewandowski agarrando seu braço e a puxando para trás enquanto ela tenta entrevistar o magnata. No caso de um réu primário, a agressão é vista como delito de primeiro grau, que implica em pena de um ano de prisão ou multa de mil dólares.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência