Papa ajuda a realizar sonho de menina que ficará cega e surda

Pequena Lizzy Myers é portadora de doença genética rara e fez lista de desejos, cujo principal era conhecer o pontífice

Por O Dia

Cidade do Vaticano - O sonho da pequena norte-americana Elisabeth 'Lizzy' Myers tornou-se realidade nesta quarta-feira. Portadora de uma rara doença que a deixará cega e surda dentro de alguns anos, a menina de 5 anos conheceu o papa Francisco após a tradicional audiência geral desta quarta-feira.

Papa Francisco e a pequena Lizzy MyersEFE

No encontro, o Pontífice foi cumprimentá-la, conversou com a menina e ainda fez carinho na face de Lizzy. Com um grande sorriso no rosto e ao lado de seus pais, Steve e Christine, e da irmã Kayla, a norte-americana não escondeu a felicidade de viver o momento.

A história de Lizzy comoveu os Estados Unidos recentemente. A menina é portadora da Síndrome de Usher, uma rara doença genética que causa a perda gradativa da visão e da audição. Antes de a doença se agravar, os pais da menina decidiram então fazer uma "lista de coisas para realizar" antes disso acontecer.

Entre os pedidos de Lizzy, o maior deles era conhecer pessoalmente Jorge Mario Bergoglio. Porém, as condições financeiras da família não permitiam uma viagem a Roma. Comovida pela história, a companhia aérea Turkish Airlines ofereceu para a família o voo e a hospedagem na Itália para que a menina realizasse seu sonho.

Eles chegaram à capital italiana no dia 29 de março e já visitaram os principais pontos turísticos da "cidade eterna". Nesta quarta, puderam conhecer o Papa.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência