Morre aos 57 anos o cantor Prince, informa mídia dos EUA

Artista havia sido internado no último dia 15 por conta de uma forte gripe. Ele era considerado um dos gênios da música

Por O Dia

Prince foi um dos maiores gênios da música nas últimas décadas Efe

Estados Unidos - O cantor Prince foi encontrado morto em sua casa em Minessota, nos Estados Unidos, nesta quinta-feira. Não foi revelada a causa da morte, que ainda está sendo investigada pela polícia. “É com profunda tristeza que eu confirmo que o lendário e icônico artista Prince Roger Nelson morreu em sua residência em Paisley Park, aos 57 anos”, anunciou a assessora do artista, Yvette Noel-Schure, à imprensa americana.

No dia 15 de abril, o popstar passou mal e foi internado às pressas. O jatinho em que ele estava foi obrigado a fazer um pouso de emergência em Illinois, Estados Unidos. Segundo o ‘Los Angeles Times’, o cantor cancelou dois shows da turnê ‘Piano and a Microphone’, mas foi liberado pelos médicos para retornar a Minnesota. Fontes do site disseram que ele teve uma forte gripe. No dia seguinte, Prince garantiu aos fãs que estava bem.

O ícone pop ficou conhecido no final dos anos 70 com hits como ‘Why You Wanna Treat Me So Bad?’ e ‘I Wanna Be Your Lover’. Mas foi na década seguinte que o cantor, compositor e instrumentista tornou-se um fenômeno mundial com ‘Purple Rain’ (1984), que vendeu mais de 20 milhões de cópias e ficou 24 semanas consecutivas na parada da Billboard. O álbum foi escolhido pela ‘Rolling Stone’ como um dos 500 melhores de todos os tempos. Em 1985, ele ganhou dois prêmios Grammy, de Melhor Performance Vocal de Rock e Melhor Álbum de Trilha Sonora Original. Nesse mesmo ano, o ídolo conquistou o Oscar de Melhor Canção Original com o longo homônimo. O filme arrecadou mais de 60 milhões de dólares nas bilheterias e se tornou um clássico cult.

Em 40 anos de carreira, Prince vendeu mais de 100 milhões de cópias de seus álbuns, conquistou sete Grammys e foi nomeado ao Hall da Fama do Rock em 2004. Três anos depois, o artista tocou no Super Bowl, a final do futebol americano. Seu disco mais recente, ‘HITnRUN: Phase Two’ foi lançado em dezembro do ano passado, e ele estava em turnê nos Estados Unidos até a semana passada.

Nascido em 7 de junho de 1958, Prince se casou duas vezes. O primeiro foi com a dançarina Mayte Garcia, de quem se separou em 2000. A segunda foi Manuela Testolini, de quem se divorciou em 2006. No Brasil, ele fez única apresentação em 1991, no Rock in Rio, no Maracanã.

ARTISTAS LAMENTAM MORTE NAS REDES SOCIAIS

Madonna: ‘Ele mudou o mundo! Um visionário’

Barack Obama, presidente dos Estados Unidos, no Facebook: "O mundo perdeu um ícone criativo. Michelle e eu nos juntamos a milhões de fãs em luto pela morte repentina de Prince. Poucos artistas influenciaram o som e trajetória da música popular ou tocaram tantas pessoas com seu talento. Como um dos mais privilegiados e produtivos músicos de nosso tempo, Prince fez tudo. Funk. R&B. Rock and roll. Ele foi um instrumentista virtuoso, um líder musical brilhante e um intérprete eletrizante. Nossos pensamentos e orações estão com sua família, banda e todos que o amavam.”

Mick Jagger, líder dos Rolling Stones, no Twitter: “Estou profundamente chocado com a morte de Prince. Ele foi um artista revolucionário, um grande músico, maravilhoso compositor, surpreendente guitarrista, mas, mais importante, autêntico em todos os sentidos. O talento de Prince era sem limites. Ele era um dos artistas mais talentosos e únicos dos últimos 30 anos.”

Katy Perry, no Twitter: “E tão de repente... o mundo perde muita mágica. Descanse em paz, Prince! Obrigada por nos dar tanto”

Justin Timberlake, no Twitter: “Entorpecido. Atordoado. Isso não pode ser real."

Cauã Reymond, ator no Instagram : “Que perda”

Marcelo D2, cantor no Instagram: “Descanse em paz”

Xuxa, apresentadora no Instagram: “Morre mais uma lenda... Agora o príncipe do rock”

Ed Motta, cantor no Twitter: “Esse cara mudou minha forma de fazer música, eu agradeço demais”

Maria Rita, cantora no Twitter: “Em choque e profundamente entristecida”

Últimas de _legado_Mundo e Ciência