Por felipe.martins

Estocolmo - Menos de 24 horas depois de o presidente dos Estados Unidos Barack Obama anunciar o envio de mais 250 militares porterra para combater o estado Islâmico na Síria, o grupo terrorista mais temido do planeta voltou a ameaçar outro país europeu. A Suécia recebeu informações sobre um possível ataque à capital do país por militantes do grupo jihadista. Serviços de segurança informaram que estão investigando informações confidenciais.

Segundo o serviço de segurança sueco%2C sete terroristas do EI já estariam no país prontos para atentadosDivulgação

Os jornais ‘Aftonbladet’ e ‘Expressen’, assim como a rede pública Swedish Radio, citando fontes não identificadas, relataram informações relacionadas à ameaça de um ataque, possivelmente em Estocolmo. O ‘Expressen’ informou que a polícia de segurança sueca (Sapo) recebeu informações do Iraque de que sete ou oito combatentes do Estado Islâmico entraram na Suécia com intenção de atacar alvos civis.

Uma porta-voz da polícia de segurança disse que não iria comentar quaisquer detalhes específicos de uma ameaça, mas disse estar trabalhando com a polícia comum, assim como parceiros nacionais e internacionais. “A polícia de segurança está trabalhando intensivamente para auxiliar as informações recebidas, e é de tal natureza que nosso julgamento é de não rejeitá-la”, disse. Uma fonte da segurança iraquiana disse que seis iraquianos deixaram o Iraque em fevereiro de 2015 e entraram na Suécia pela Turquia.

Você pode gostar