Por rafael.souza

Madri - O Rei Felipe VI da Espanha decidiu, nessa terça-feira, que nenhum dos partidos políticos eleitos nas urnas têm apoio suficiente para formar um governo, o que significa que o país deve realizar novas eleições, já marcadas para o próximo mês de junho.

O Rei Felipe VI decidiu colocar fim à tentativa dos partidos socialista e popular de formar governoHenri Garat et JB Gurliat/Mairie de Paris

A decisão foi tomada seis meses depois do último pleito espanhol, responsável por encerrar a tradição bipartidária do país ao permitir a ascensão de duas grandes legendas: o partido de esquerda Podemos e o de centro-direita Ciudadanos, que quebraram a hegemonia histórica entre Partido Socialista e Partido Popular (PP).

A decisão do monarca põe fim a diversas tentativas, por parte dos socialistas e do PP, de formar um governo. A data final para que isso acontecesse era 2 de maio. Assim, o país deve realizar novas eleições em 26 de junho. 

Você pode gostar