China estabelece condições para melhorar relação com Japão

Os dois países asiáticos estão buscando reparar a relação, que é prejudicada pelo passado marcado por disputas de território

Por lucas.cardoso

Pequim - A China estabeleceu condições neste sábado para o aprimoramento dos laços com o Japão, ao dizer para o ministro das Relações Exteriores japonês, Fumio Kishida, que não poderia haver "ambiguidade ou hesitação" no atendimento às demandas de Pequim sobre posicionamentos históricos, relações com Taiwan e outros assuntos centrais.

Os dois países asiáticos estão buscando reparar a relação entre si, que é prejudicada pelo passado marcado por disputas de território e competição por influência na Ásia Oriental. O ministro chinês Wang Yi disse a Kishida, que estava em visita a Pequim, que os laços entre China e Japão devem basear-se em "respeito pela história, comprometimento e cooperação, no lugar de confronto".

As relações entre os dois países passaram por "reviravoltas nos últimos anos, devido a razões melhor conhecidas pelo Japão", disse Wang, acrescentando que a China deseja relações estáveis e saudáveis com seu vizinho e parceiro econômico fundamental. Wang disse ainda que o Japão precisa transformar suas palavras em ações.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia