Por thiago.antunes

Canadá - Autoridades da província canadense de Alberta retiraram as ordens de evacuação em algumas áreas ao norte de Fort McMurray, onde incêndios florestais forçaram mais de 80 mil pessoas a deixarem suas casas e impactou a produção de petróleo.

Oficiais disseram que as condições melhoraram em algumas regiões As empresas de petróleo Suncor Energy Inc. e Syncrude poderão, inclusive, retomar suas operações e trazer de volta os trabalhadores evacuados. Aproximadamente 8 mil trabalhadores de campos de petróleo no Fort McMurray foram evacuados depois de rajadas de vento e altas temperaturas causarem a movimentação rápida dos incêndios.

A província de Alberta é o coração da indústria de extração de petróleo no Canadá e os efeitos do gigantesco incêndio florestal no setor levou estudiosos a rever as projeções de crescimento em 2016 para todo o país.

Os campos de Alberta acumulam a terceira maior reserva de petróleo do mundo, atrás somente da Arábia Saudita e Venezuela.

O incêndio florestal começou no dia 1º de maio e atingiu cerca de 5 mil quilômetros quadrados, incluindo áreas onde o fogo permanece e àquelas em que as chamas já foram extintas. Apesar do vasto incêndio, 90% das cidades atingidas permanece intacta, com manutenção de estruturas essenciais, como hospitais, centros de tratamento de água e aeroportos.

As autoridades canadenses estão confiantes de que as temperaturas mais amenas, elevada umidade e chuvas, previstas para o final de semana, serão capazes de conter o fogo

Você pode gostar