Por clarissa.sardenberg

Rússia - Uma jornalista russa levou um tapa no rosto enquanto cobria uma manifestação em Paris, na França, na última quinta-feira. Mesmo equipada com um capacete, a repórter não escapou de ser agredida por um mascarado que se aproximou sem que ela percebesse e por trás desferiu o golpe. As imagens acabaram viralizando na web e trazendo ao debate a liberdade de expressão e imprensa e também a violência contra a mulher.

Jornalista foi agredida covardemente por um mascarado no exercício de seu trabalho%2C em Paris%2C na França Reprodução Youtube

A profissional atingida foi Anna Baranova do jornal "Russia Today". Apesar de chocada, a correspondente não se intimidou com a atitude do criminoso e prosseguiu com sua reportagem. A jovem ainda teve que superar aplausos sarcásticos de outro "manifestante", que incentivou a agressão.

O ato covarde foi amplamente divulgado na mídia internacional. Até o momento ninguém foi responsabilizado pelo ato.



Você pode gostar