Por clarissa.sardenberg

Israel - Uma startup israelense alega ter desenvolvido uma tecnologia que é capaz de reconhecer ameaças à sociedade como terroristas e pedófilos, além dos melhores jogadores de pôquer apenas olhando para seus rostos. De acordo com executivos do Faception, isso é possível porque o software desenvolvido capta sinais indetectáveis a olho nu.

Software da startup israelense Faception reconhece pedófilos e terroristas pelo rosto Reprodução Youtube

Segundo a companhia, nove dos terroristas que participaram dos ataques de 11 de novembro de 2015 em Paris foram classificados como tais em seus testes, sem nenhum conhecimento prévio. A firma alega estar trabalhando com agências de segurança nacional para ajudar na identificação de criminosos.

"Nós entendemos os humanos muito melhor que outros humanos se entendem. Nossa personalidade é determinada pelo nosso DNA e isso reflete na nossa face. É meio que um sinal", afirmou Shai Gilboa, executivo-chefe do Faception. Outras classificações são alto QI e pesquisador acadêmico.

A companhia foi fundada em Tel Aviv, capital de Israel, em 2014, e segundo o executivo desenvolveu um padrão de 80% de acertos ao determinar a personalidade de alguém.

Você pode gostar