Atirador de Dallas é identificado pela polícia, diz imprensa

Micah Johnson teria dito que estava cansado da violência policial e que queria matar agentes de segurança brancos

Por O Dia

Estados Unidos - A polícia norte-americana identificou como Micah Xavier Johnson, de 25 anos, um dos atiradores de Dallas, divulgaram autoridades nesta sexta-feira. Foi ele o atirador morto pelos policiais em meio à ação que deixou cinco agentes mortos após serem atacado no fim de um protesto contra o racismo na capital do Texas.

De acordo com a imprensa local, o jovem não tinha ligação com o terrorismo ou histórico criminal. Johnson teria dito a negociadores estar chateado com as mortes de negros pela violência policial e que "queria matar brancos", especialmente agentes de segurança.

Fotos: Policiais são mortos a tiros nos Estados Unidos 

Vídeos mostram tiroteio que matou policiais em protesto em Dallas

Beyoncé critica violência policial contra negros: 'Parem de nos matar'

Atirador morto pela polícia dos Eua foi identificado como Micah Johnson Reprodução Reprodução/Facebook/CBS DFW

Vídeos publicados na web mostram o tiroteio que deixou cinco policiais mortos durante um protesto contra o racismo em Dallas, no Texas, Estados Unidos. Em um deles, é possível ver cidadãos desesperados sem saber de onde os disparos tinham origem.

O prefeito de Dallas, Mike Rawlings, disse, em entrevista à imprensa norte-americana, que 12 pessoas foram atingidas pelos disparos, e que cinco agentes de segurança foram mortos. Ainda de acordo com ele, dois civis estão entre os feridos.

A manifestação ocorreu depois que dois homens negros foram mortos em ações da polícia dos estados da Louisiana e do Minnesota nesta semana.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência