Barbeiro do quase careca François Hollande custa R$ 36 mil mensais

A remuneração deixou muita gente de cabelo em pé

Por O Dia

Rio - Deu esta semana no ‘Canard Enchainé’: no meio de uma conturbada e contestada reforma trabalhista, os contribuintes franceses pagam o cabeleireiro privê de seu presidente, o quase careca François Hollande, que desembolsa por mês 9.895 euros, ou pouco mais de R$ 36 mil, pelo serviço.

Em um país com mais de 10% de desemprego, em que o salário mínimo mensal é de R$ 5.360, a remuneração do barbeiro deixou muita gente de cabelo em pé. O Eliseu alega que o funcionário, Olivier B., “começa a trabalhar de manhã cedo”, tem um expediente muito extenso e está disponível inclusive nos fins de semana. “Está à disposição do presidente 24 horas por dia”, dizem.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência