Jovem morre a tiros enquanto caçava Pokémon com o primo

Essa pode ser a primeira morte relacionada ao game da Nintendo. Caso ocorreu na Guatemala e não se sabe o motivo

Por O Dia

Guatemala - Um jovem morreu e outro ficou gravemente ferido na Guatemala enquanto a dupla caçava pokémons na Guatemala. Jerson Lopez de Leon, de 18 anos, estava com o primo Daniel Moises Pince, de 17, jogando "Pokémon Go" próximo a uma linha férrea da capital quando foram emboscados e baleados. Eles foram encaminhados a um hospital, mas Jerson não resitiu os ferimentos, segundo o "The Independent". Inicialmente, essa é a primeira morte relacionada ao game da Nintendo.

'Pokémon Go' pode ter 'ajudado' a localizar adolescentes por conta do gpsEFE

De acordo com o jornal, Daniel foi gravemente ferido e encontra-se em estado grave. Ainda não se sabe o que motivou o ataque ocorrido na última terça-feira, mas de acordo com a polícia, os criminosos devem ter usado o gps do game para localizar os jogadores. Apesar disso, a polícia reiterou que não há provas da relação do game com as mortes.

Uma van branca foi vista rondando o local no dia do ataque e foi abandonada na região. No local, foram achados 20 cartuchos de munição.

A mãe de Jerson está inconformada com a morte. “Não entendo porque meu filho decidiu sair de casa. Ele já estava na cama quando seu primo enviou uma mensagem pedindo que fosse lá fora baixar um jogo”, afirmou Rosalinda.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência