Moradores de Munique prestam homenagem a mortos em ataque

Segundo polícia alemã, o atirador não tinha ligação com Estado Islâmico

Por O Dia

Munique - Cidadãos de Munique prestaram ontem homenagem às pessoas mortas pelo atirador que abriu fogo em um shopping center na sexta-feira. Flores, cartas, velas e bichos de pelúcia foram deixados próximos ao local do ataque.

Aos poucos, as nove vítimas estão sendo identificadas. Segundo as autoridades alemãs, todas residiam em Munique, incluindo sete adolescentes. O ministro de Relações Exteriores da Turquia, Mevlut Cavusoglu, informou à televisão local NTV que três mortos eram do país — dois adolescentes e uma mulher. Outras três vítimas, duas mulheres e Dijamant Zabergja, um homem de 21 anos, eram de Kosovo.

A polícia afirmou que o autor do ataque, um jovem de 18 anos com dupla nacionalidade — alemã e iraniana — não tem vínculos com o grupo extremista Estado Islâmico. No apartamento do atirador, policiais encontraram indícios de que o jovem era obcecado por assassinatos em massa e que juntava informações sobre autores de chacinas, como livros e artigos de jornais.

O atirador, que usou uma pistola 9 mm durante o ato, não era investigado pelos serviços de inteligência nem tinha antecedentes criminais.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência