Após bebê morrer atropelado por idosa alcoolizada, lutador faz apelo emocionante

Tia estava atravessando a faixa de pedestres empurrando o carrinho quando os dois foram atingidos

Por O Dia

Estados Unidos - Após o atropelamento que culminou na morte de seu filho Liam, de 1 ano e 3 meses, o lutador de MMA Marcus Kowal fez um pedido para que as pessoas não dirigissem alcoolizadas, o apelo emocionou muitas pessoas.

Após perder filho por conta de atropelamento%2C lutador fez apelo para que pessoas não dirigissem alcoolizadasReprodução Internet

Uma idosa de 72 anos que conduzia o veículo que atingiu seu filho estava bêbada. O acidente ocorreu no último sábado quando a criança estava acompanhada pela tia, de 15 anos, em uma faixa de pedestre na Califórnia, nos Estados Unidos. Ela estava empurrando o carrinho quando os dois foram atingidos.

 

#DontDrinkAndDrive #RememberLiam #RIP #bebisen

Um vídeo publicado por Marcus Kowal (@mackowal) em

“Faz quatro horas que eu deixei o hospital onde me despedi do meu bebê pela última vez. Três dias atrás ele foi atingido por um motorista bebâdo. Eu não sou um ator. Este não é um comercial. Esta é a realidade. Tudo o que posso dizer é não beba e dirija. Não deixe seu amigo beber e dirigir. Por favor”pediu o pai comovido.

Identificada como Donna Marie Higgins, a mulher fugiu do local.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência