Pneumonia de Hillary Clinton gera rumores na campanha

Em vídeo no YouTube, médico diz suspeitar que candidata tem sintomas de Parkinson. Staff da democrata nega boatos e garante que ela está bem

Por O Dia

Estados Unidos - Hillary Clinton tem dois novos adversários na campanha rumo à Casa Branca: a própria saúde e a boataria. Domingo, durante as homenagens às vítimas da queda das Torres Gêmeas, no 15º aniversário do 11 de Setembro, a democrata passou mal e precisou ir embora. Vídeo mostra a candidata cambaleando antes de entrar no carro.

Oficialmente, Hillary está com pneumonia e sentiu o calor. Na internet, no entanto, há quem jure que a ex-primeira-dama manifesta sintomas de Parkinson. Ted Noel, um médico da Flórida com “mais de 30 anos de experiência”, disse em um programa de TV que Hillary está com um quadro avançado de Parkinson.

Seu ‘diagnóstico’ se baseou em vídeos e fotos. Fóruns na internet passaram o dia de ontem discutindo o tema. Tosse, fraqueza e convulsões, como demonstrado em recentes aparições de Hillary, seriam sinais do mal.

Hillary Clinton cancelou viagem à Califórnia%2C onde captaria recursosDivulgação

O incidente em Nova York é o mais recente de uma lista que vem desde 2012, quando teve de operar um coágulo no cérebro e, em decorrência da cirurgia, precisou usar óculos. Desde então, aparições esporádicas e raras entrevistas espontâneas a jornalistas alimentaram a boataria.

A candidata não só nega os rumores como também debocha, às gargalhadas, do que considera “teoria da conspiração”. “A secretária vinha enfrentando tosse alérgica”, explicou ontem a clínica-geral da candidata, Lisa Bardack.

“Na sexta-feira, o pigarro evoluiu para pneumonia. Administramos antibióticos e recomendamos repouso. No evento de domingo, ela teve hipertermia e desidratação. Acabei de examiná-la e posso dizer que se recupera bem.”

O staff também minimizou a grita em volta da pneumonia, antes uma doença muito temida, hoje uma enfermidade controlável. Pelo bem, pelo mal, Hillary cancelou a agenda que tinha nesta segunda e terça-feira. Os compromissos incluíram atos para arrecadação de fundos nas cidades de San Francisco e Los Angeles, assim como uma aparição gravada no programa ‘Ellen’, da atriz Ellen Degeneres.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência