Por clarissa.sardenberg

Estados Unidos - O fundador do WikiLeaks, Julian Assange, prometeu a publicação de informações "significativas" em assuntos envolvendo a eleição dos Estados Unidos e o Google nas próximas semanas, quando a organização completa 10 anos.

Hillary Clinton e Donald Trump disputam Presidência dos Estados UnidosMontagem/Efe

Em um vídeo divulgado em uma conferência em Berlim, ele afirmou que pretende iniciar uma série de vazamentos esta semana, mas não especificou o momento. Ele afirmou que o grupo espera "publicar algo em cada semana pelas próximas 10 semanas", e que eles envolveriam "material significativo" sobre guerras, armas, petróleo, Google e eleição nos EUA.

Assange não deixa a embaixada do Equador em Londres desde 2012, após a Suécia iniciar um processo de extradição por causa de uma acusação de estupro no país. O ativista nega a acusação e afirma temer se extraditado aos Estados Unidos e responder por acusações de espionagem.

Você pode gostar