Por thiago.antunes

Estados Unidos - O candidato republicano √† Presid√™ncia dos Estados Unidos, Donald Trump, usou sua conta no Twitter para comentar a recente onda de abandono de membros de seu pr√≥prio partido √† sua candidatura.

Diversos republicanos, inclusive a ex-secretária de Estado dos EUA Condoleeza Rice, repudiaram Trump após um vídeo de 2005 que mostrava o magnata se gabando de apalpar e beijar mulheres sem o seu consentimento vir à tona. Na gravação, publicada pelo Washington Post na sexta-feira, Trump justifica o assédio dizendo que "quando você é uma estrela, elas deixam você fazer isso".

"Quantos hip√≥critas. Vejam os seus n√ļmeros das pesquisas - e das elei√ß√Ķes - ca√≠rem", escreveu Trump no microblog.

A velocidade e a amplitude do abandono à candidatura de Trump chocou alguns membros antigos do partido. "Nosso partido está na crise mais profunda desde o caso Watergate, em 1974", afirmou Ron Nehring, ex-presidente do Partido Republicano na Califórnia

A debandada deve dar o tom do segundo debate presidencial, que acontece nesta noite, em St. Louis, às 22h. Trump já afirmou ao The Wall Street Journal que não vai desistir da corrida presidencial e o ex-prefeito de Nova York Rudolph Giuliani saiu em defesa do empresário e reiterou sua postura neste domingo.

"Pelo amor de Deus, que atire a primeira pedra quem nunca cometeu pecado", afirmou Giuliani à CNN. "O fato é que os homens às vezes falam desse jeito", defendeu.

Segundo Giuliani, Trump pediu desculpas pelos seus coment√°rios 11 anos atr√°s, quando tinha 59 anos. Hoje, aos 70, ele teria mudado seu pensamento sobre as mulheres, disse o ex-prefeito.

Nas grava√ß√Ķes de 2005, Trump diz: "Voc√™ sabe que eu sou automaticamente atra√≠do por mulheres bonitas - eu come√ßo a beij√°-las. √Č como um √≠m√£. Eu s√≥ beijo. Eu nem espero... E quando voc√™ √© uma estrela, elas deixam voc√™ fazer isso. Voc√™ pode fazer tudo. Peg√°-las pela vagina. Voc√™ pode fazer tudo"

Você pode gostar